• Marina Camargo

Campo Harmônico (parte 2)


No post passado falamos da formação do campo harmônico maior com tríades (3 notas por acorde). Hoje falaremos do campo harmônico maior com tétrades (4 notas por acorde).

Para as tríades a regra era pegar o 1°, 3° e 5° graus da escala e formar os acordes.

Ficando da seguinte forma:

I IIm IIIm IV V VIm VIIm(b5)

Essa fórmula serve para qualquer tonalidade. Vamos pegar como exemplo o Dó Maior.

O campo harmônico ficaria da seguinte forma:

C Dm Em F G Am Bm(b5)

Agora vamos acrescentar mais uma nota que será o sétimo grau em cada acorde.

Ficará dessa forma:

C7M Dm7 Em7 F7M G7 Am7 Bm7(b5)

Ficando a fórmula para todos os tons:

I7M IIm7 IIIm7 IV7M V7 VIm7 VIIm7(b5)

Repare que foi acrescentado o sétimo grau a cada acorde, porém em alguns acordes a sétima ficou maior e em outros menor. Isso acontece devido à diferença de intervalos entre as notas. A sétima maior tem cinco tons e meio, e a sétima menor cinco tons.

Um macete para calcular o intervalo de sétima é calculá-lo pela oitava, ou seja, se eu calcular a nota si em relação ao dó na oitava, a diferença será de meio tom (si para dó). Isso dá um sétima maior. Se eu calcular a nota sib em relação ao dó também na oitava, a diferença será de um tom, portanto uma sétima menor.

Assim: de dó a si temos uma 7M (sétima maior), de dó a sib temos uma 7 (sétima menor).

Usando a fórmula acima escreva o campo harmônico de todas as tonalidades e confira com a tabela abaixo. Depois toque os acordes no acordeom para entender a diferença entre eles.

Agora vamos usar os campos harmônicos para descobrir a tonalidade das músicas abaixo. Fique atento pois as sétimas podem aparecer em alguns acordes e em outros não.

Anote as respostas que o resultado estará no próximo post:

Asa Branca - C F G7 - Qual é o tom? Resposta:

Luar do Sertão - F Gm C7 Resposta:

Kilometro Once - G D7 Am Em Resposta:

Felicidade - Dm Am G7 C Resposta:

Cabecinha no Ombro - C7 F Bb Resposta:

É importante frisar que muitas vezes as músicas tem mais de uma tonalidade. Isso é chamado de modulação. A mudança de tonalidade pode vir assinalada na armadura de clave ou não. Isso depende do tamanho da parte da música que modulou. Se foi uma parte pequena ela nem é assinalada e para entendermos essa modulação devemos conferir os acordes.

Exemplos de músicas que tem modulação: Olha pro céu (Luiz Gonzaga), Brasileirinho (Waldir Azevedo), Carinhoso (Pixinguinha), Tico tico no Fubá (Ernesto Nazareth).

Você conhece outras músicas que tem modulação?

Deixe o nome delas nos comentários!

Por hoje é só pessoal! No próximo post falaremos do campo harmônico menor.

#acordes #campoharmônico #modulação

1,085 visualizações